sábado, 21 de agosto de 2010

Claustrofobia Pós-moderna


Às vezes acho que todos nós somos claustrofóbicos. Ficamos tão imersos em nós mesmos, no nosso próprio egoísmo, que nos sentimos sufocados e precisamos de outras pessoas para nos ouvir. Daí as redes sociais, e os meus minicontos...


Fosse quem fosse, não abriria a porta. Estava fechado para o mundo. Com a chave no bolso e o zíper quebrado.


Venta frio. Fecha a Janela. Sobra o imenso vazio do mundo que é maior do que o de fora. Melhor seria fechar os olhos.


Faltou-lhe ar. Abriu a janela. Deu de cara com uma parede de concreto. Claustrofobia pós-moderna. Soca o chão pra ver se abre.


Melhor socar o coração pra ver se abre.

Um comentário: