quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Poema 3

Ato Solo


Vamos despir toda proteção

não quero conforto

apenas o ser finito, acabado e previsível


Quero um lugar para me esconder.


Nenhum comentário:

Postar um comentário